11.22.2011

brufen


























com tanta coisa para fazer e organizar, sou invadida por uma dor generalizada. a chuva também molha um bocado o coração. venham os analgésicos.

11.18.2011

outonos de sol





mais vento, mais frio, mas também mais verde. as primeiras chuvas devolveram a cor aos campos. veste-se um casaco mais quente, enchem-se cestas de castanhas trazidas por amigos. planeia-se uma nova época. fazem-se projectos. sonha-se alto. muito.

a casa aquece ao cheiro do forno. dos assados, das tartes, dos bolos. a beleza da criação neste vídeo, (desliguem a música de fundo e sintam-lhe o sabor), porque a cozinha tem de ser este prazer. para a Ana.
quem quiser experimentar a receita deste bolo clique aqui

na OAOA já se começou a preparar o natal

11.14.2011

vintage

























Há pouco tempo herdei uma série de loiça, que aos poucos ainda a estou a descobrir.
No meio de pratos tresmalhados, chávenas e pires, entre a antiga Fábrica de Sacavém (pena que o museu ainda não tenha página online), Vista Alegre até à Johnson Brothers.

Acabei por me lembrar do trabalho desenvolvido pela artista australiana Kelly, no projecto “The story book rabbit”. Uma ilustração que se deixa envolver pelos motivos originais e que nos deixa com a boa sensação de uma obra feliz.

11.11.2011

também de ler




com tão pouco tempo para mim, sonho pelo menos encaixar algumas das coisas que gosto, numa agenda que há muito deixou de o ser. pelo menos tem um ar dinâmico de folhas que se dobram e desdobram em grandes mapas, para a delícia dos mais pequenos que por vezes vêem saltar desenhos.

esta exposição é dedicada à Paula.

A Grande Exposição de Livros Miniatura
de 6 a 26 de novembro  Centro Cultural de Belém/Fábrica das Artes

via papel de lustro

11.10.2011

ler
























O Senhor Nicanor” de Ana Fernández-Abascal e ilustrado por Flávio Morais é uma das mais recentes edições da Kalandraka.
A autora junta três personagens como protagonistas de um conto, em que cada uma troca a televisão por um livro, o que a mim me sabe ainda melhor. A procura de uma dose de emoção, entretenimento ou pelo puro prazer da leitura. 
Um livro muito iconográfico em que formas e cores também fazem muito o meu universo.
Um livro simples e que me enche.

a manta, é fruto da aprendizagem numa passagem pela OAOA

o pequeno da casa também quis escrever sobre o livro

11.07.2011

porque também se vive de pão


























fala-se desta "nova" experiência de viver num meio pequeno, onde falta tanto de tudo e tudo de tanto. de continuarmos a ser estrangeiros. de amigos de lá. de livros. de música. de comida. de novas receitas.

obrigada Afonso e Maria João. porque sabe bem. a tua receita de pão. também

ao meu mosaico hidráulico reinvento outro. também porque me sabe bem.

segunda imagem é de um livro do Afonso Cruz

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...