7.14.2015

a repetir até o verão ir embora

há muito que não falava em restaurantes e o prazer que é para mim comer, o que à partida parece incompatível com quem por norma come muito pouco, mas a verdade é que gosto de comer bem e como muito com os olhos.

A Cevicheria foi um dos últimos espaços que fomos degustar e ao contrário de O Talho que é para mim um restaurante de inverno, (com um talho magnífico), ambos do chef  Kiko Martins, o primeiro é sem dúvida um restaurante de verão, não só pela comida como pelo ambiente.

um espaço que conta com apenas 40 lugares e que não aceita reservas, por essa razão se a vontade for grande há que ter paciência ou ir almoçar tarde que foi o nosso caso.

a luz de Lisboa invade este espaço dando-lhe uma vida muito própria.

não sei se é de origem, e se for ainda bem, é a presença do tão bonito mosaico hidráulico

e o que se come?  tudo o que há de melhor na cozinha peruana com um toque de experimentalismo que já sentíamos n'O Talho.

uma boa surpresa foi a manteiga com tinta de choco e um dip de tomate com azeitona acompanhado de um pão de milho feito no restaurante e de um pão branco torrado, mas a estrela neste acompanhamento é o milho peruano que se chama cancha, ligeiramente tostado e servido com sal. trata-se de um milho maior do que o nosso, menos rijo e com um sabor também diferente.

como prato principal o quinoto do mar (quinoa, camarão, berbigão, mexilhão, peixe branco, algas, espuma de ostras e kombu)


podia ter terminado a refeição aqui, mas a gula fez-nos experimentar duas sobremesas e para quem não come muito e não gosta muito de doces revelaram-se um excesso...

deliciosas e bonitas, mas muito doces

uma refeição regada a água (sim, é verdade) e um copo de pico sour, um cocktail feito com aguardente do Peru, sumo de lima, clara de ovo, xarope de açúcar, gelo e especiarias.

brulée de quinoa doce, goiabada e espuma de goiaba

fruta em texturas, natural, crocante, marinada, gelificada e granizada.

3 comentários:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...